Best Of: 13 a 19 de Novembro

O texto que se segue NÃO CONTÉM SPOILERS.

O “Best Of” dá destaque por diferentes elementos do TVDependente ao melhor momento televisivo da sua semana, seja um episódio actual, uma cena de uma série com 10 anos, uma música ou um plano único.

Carolina: Mom – Atticus Finch and the Downtrodden (3×22)

A despedida da terceira temporada de “Mom” foi repleta dos altos e baixos já habituais da série mas concentrados em apenas 20 minutos. O que começa por ser um episódio em que Christy vê as suas ambições quase a ir por água abaixo termina num raro tom positivo que demonstra a excelente evolução da relação desta com a sua mãe. Allison Janney e Anna Faris conseguem fazer esta excelente transição entre comédia e drama (mesmo com alguma dificuldade em chorar decentemente) tornando esta série num excelente exemplo deste híbrido que é a “dramédia”. Para melhorar só mesmo vendo-se livres da sua filha Violet, mesmo que isso signifique perder a oportunidade de ver Janney gritar com uma adolescente.

Rafa: A solidão de Tommy Shelby

“Peaky Blinders” regressou com um dos melhores episódios com que alguma vez nos presenteou. Indo mais a fundo num episódio que, por si só, seria amostra maior e incontestável da semana transacta, destaco um enquadramento que relembra a série como dona de uma fotografia de excelência. Já aqui destacara o distanciamento do olhar da câmara defronte ao protagonista, como via a intensificar o poder bem como solidão que o caracterizam. A árvore de natal disposta na margem direita do enquadramento. O vazio adquire maiores dimensões. Volta a contar-se muito sobre a personagem num mero enquadramento.

 

Rui: As Expectativas Futuras de origem literária: “The Alienist” e “Catch 22”

Quando tenho tempo – coisa rara – dedico-me a uma das minhas paixões: a literatura. Nesse sentido tenho algumas expectativas em duas séries adaptadas de obras literárias que estrearão nos próximos meses. Essa expectativa é desigual em cada uma das referidas adaptações/séries.

A primeira, “The Alienist”, a adaptação de um romance de Caleb Carr, sobre um assassino em série que ensombrou Nova Iorque em 1919. Com toda a sinceridade é uma obra menor, um policial aceitável que mistura política, psicologia, uma cidade com vários níveis de podridão, direitos raciais e emancipação da mulher. Fui lendo nos intervalos entre diversas salas de espera. Vi o trailer da série, e aquilo que me admirou foi o cast que nos é proposto. E gostei da “imagem”. Irei conceder o benefício da dúvida.

Completamente diferente é o anúncio recente da adaptação de “Catch 22”, supostamente com George Clooney. “Catch 22”, de Joseph Heller, é uma das grandes obras da ficção norte-americana (já adaptada nos anos 1970 ao cinema). Uma sátira sobre a II Guerra Mundial, absolutamente louca, com um sentido de humor que nos leva à gargalhada.

A minha primeira abordagem ao livro (lido já há muiiiito tempo) foi o de antipatizar e não perceber o que ali se passava, até discernir que era uma sátira que pegava em assuntos sérios e os desconstruía, criando um universo hilariante que nos deixava a pensar sobre a guerra, as relações entre os humanos e a vida.

Na realidade era sobre a guerra-fria e sobre a turbulência do mundo, um paralelismo a que poderemos recorrer nos tempos actuais.

Uma breve imagem da loucura inocente que poderão encontrar (não é spoiler). Um dos personagens é um Major da força aérea dos EUA. O seu nome de família é Major. Isso faz dele o Major Major. Só que quando nasceu o pai, orgulhoso do nome (e, se calhar antevendo o futuro do filho), baptiza-o como Major. Pelos acasos da tropa esse personagem é o Major Major Major, alvo de chacota dos seus subalternos.

E o resto… ui. Delirante!

Leiam o livro. Vale a pena. Eu irei reler. Depois cá estaremos para criticar com propriedade a série!

syrin: This is Us – Number One (2×09)

A segunda temporada de “This is Us” pode não ter mostrado ainda o mesmo fulgor da estreia, mas “Number One” conseguiu dar a uma personagem o seu momento de brilhar. E essa personagem foi Kevin. O momento negro em que o primogénito da família Pearson se encontra tem vindo a adensar-se, culminando num regresso ao passado que exacerbou todos os seus problemas. Regressar às glórias passadas e ao local onde se desfizeram todos os sonhos de juventude foi a gota de água que fez transbordar o copo, dando ao actor de mostrar as suas qualidades. Interpretação excelente a de Justin Hartley, tanto no momento em que recapitula a sua vida naquele campo de futebol, como em frente à casa da sua one night stand, quando implora por ajuda. Um dos momentos mais francos de uma série que continua a impressionar, episódio após episódio.

5 opiniões sobre “Best Of: 13 a 19 de Novembro”

  1. O meu foi claramente o episódio 2×13 de Six Feet Under, quando determinada personagem quebra completamente e diz que não quer morrer (procurando o reconforto no colo da mãe). Foi realmente uma cena intensa, o culminar de um percurso muito bem construído ao longo destas duas primeiras temporadas.

    Gostar

  2. Catch 22 está na infindável lista de leituras, ando para o ler há imensos anos.

    “The Alienist” supostamente terá os episódios todos realizados pelo Cary Fukunaga. Depois do memorável trabalho em “True Detective” fico curioso.

    Gostar

    1. Aconselho vivamente a leitura de “Catch 22”. Se gostares há uma continuação “Closing Time/A Hora Final”, igualmente muito divertido, mas faltando a frescura do primeiro.
      No que se refere a “The Alienist”, que nunca considerei que desse um filme/série, é isso mesmo: o cast e equipa técnica é muito, mas mesmo muito bom, daí a curiosidade. É género “o que vão fazer com um material sofrível?!”. Claro que a avaliação do livro é subjectiva, havendo quem deva ter gostado muito…

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.