Agents of S.H.I.E.L.D.: 5×04 – A Life Earned (ABC)

O texto que se segue CONTÉM SPOILERS.

Em “A Life Earned”, “Agents of S.H.I.E.L.D.” continua a apressar o arco de história actual. E ainda bem que o está a fazer, porque depois de um início fulgurante, os episódios que se seguiram não têm estado a corresponder às expectativas.

Depois da captura de Daisy, a vida parece cada vez mais complicada para os agentes da S.H.I.E.L.D., que começam a desaparecer um a um. E isso levanta alguns problemas – dentro e fora da série. Dentro da série, perder primeiro Jemma, e agora Daisy, condiciona o que a equipa pode fazer e a forma como tenta lidar com o mundo que a rodeia. Fora da série, perde-se uma das suas mais-valias: o trabalho de equipa, o entrosamento das personagens que tem vindo, ano após ano, a consolidar-se e a provar porque é que a série merece regressar para mais uma temporada. Com as personagens separadas, e com os mistérios sem qualquer avanço ainda, nota-se alguma dificuldade em surpreender, razão pela qual a revelação final do episódio foi um grande passo em frente.

Fitz! Fitz está de regresso! A revelação foi, de facto muito boa, e deixa-nos cheios de questões para resolver: como é que Fitz chegou à estação? Ou melhor, quando é que Fitz chegou à estação? Como vimos no primeiro episódio, embora capturados ao mesmo tempo, os agentes apareceram todos em locais distintos e em fases diferentes do episódio, o que deixa entender que é possível que Fitz tenha sido transportado para um futuro mais próximo do que os restantes colegas, e que por isso só agora, quando Kasius decide pôr Quake a render, é que entra em cena. O facto de já termos visto o bilhete de Fitz parece confirmar isso mesmo, e acabar com as teorias de que o cientista poderia estar junto dos habitantes que ainda sobrevivem na superfície da Terra. A ver vamos. Uma coisa é certa: já tínhamos saudades dele, e aguardamos com expectativa para ver o seu lado desta história. E, claro, o seu reencontro com Jemma.

Por falar em casais, quem também não tem tido vida fácil nos últimos tempos são Mack e Yo-Yo. A segunda está habituada a viver numa realidade semelhante, e por isso não tem tido problemas a adaptar-se. Já Mack, não só tem alguma dificuldade em ajustar-se à nova vida, como ainda por cima não consegue superar os traumas da Framework. Fitz e Mack foram os que mais sofreram dentro da realidade alternativa, e aqueles que mais consequências trouxeram para o mundo real. Fitz viu que é capaz de magoar o próximo, enquanto Mack foi obrigado a abrir mão do seu maior sonho – viver uma vida simples, com a sua filha. As consequências desta passagem de Mack pela Framework têm estado em segundo plano tendo em conta a nova realidade. Mas, como sabemos, há um momento em que não é mais possível aguentar. E Mack, finalmente, explode, quase matando outro humano a sangue frio. A coisa não está fácil não… esperemos que Mack consiga superar estes problemas antes que a situação se torne ainda mais complicada.

E por falar em complicado, o que dizer da revelação de que, assim que se aborrecer com as lutas entre inumanos, o plano maior de Kasius é destruir a estação – e todos os humanos que nela vivem? Agora que tem entre os seus servos a destruidora de mundos, parece que o dia por que Kasius mais anseia poderá estar próximo. Conseguirá a S.H.I.E.L.D. salvar a situação a tempo e regressar a casa? Esperemos que sim.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.