The X-Files: 11×04 – The Lost Art of Forehead Sweat (FOX)

O texto que se segue CONTÉM SPOILERS

Finalmente uma sitcom de jeito!

Claro que estou a brincar e/ou a ser provocador. “The X-Files” não é uma sitcom ou comédias. Embora, por vezes,…

Todos dividimos a série em dois tipos de episódios: os de “Mitologia” que foca a questão dos extraterrestres e de uma grande e massiva conspiração em redor de tal, e que têm continuidade; e os episódios conhecidos como “Monstro da Semana”, normalmente fechados. Só que, de vez em quando, muito raramente, aparecem episódios que não se podem classificar em nenhuma daquelas duas categorias, seja por serem sátiras, comédias ou mais comoventes. Foram poucas as vezes em que estes episódios apareceram. No total não deve ter passado a meia dúzia. E Normalmente contar-se-ão entre os melhores episódios da série

Este The Lost Art of Forehead Sweat (este título é um autêntico tratado!) é um desses casos. Um episódio que não se enquadra nas duas categorias “normais” da série, que consegue ser extraordinariamente actual e político ao focar-se no ambiente político dos EUA de Trump e das fake news, sendo brilhantemente escrito sob a forma da sátira com extraordinários momentos cómicos. É um episódio de desconstrução da série, sem perder o foco na sua matriz, como já o fora o da temporada passada “Mulder and Scully Meet the Were-Monster”, também escrito por Darin Morgan (como o foram outros no qual esta rara tipologia – quase extraterrestre – foi abordada).

Fica claro, até agora que é uma sátira.  E que é uma sátira sobre as fake news com um episódio que revolve sobre o “Efeito Mandela”, sobre alterações da memória colectiva e individual das pessoas. Claro que em “The X-Files” temos que ter uma conspiração e é esse o leit motiv do episódio alguém que se dedica à manipulação das memórias colectivas para esconder aquilo que os governos não querem que seja revelado.

Temos alguém aparentemente lunático (ou será que totalmente lunático? Ou perfeitamente saudável do ponto de vista mental?), Reggie (um actor recorrente em diversos episódios da série, mas de quem ninguém se lembra, numa piscadela de olho ao “Efeito Mandela”), com informações secretas sobre a conspiração que obedece a todos os clichés do género ao ter as reuniões numa garagem, informações essas que são dadas à vez aos nossos agentes favoritos.

Depois mistura-se muita coisa de forma extraordinariamente divertida. O debate sobre a existência de Reggie, estar relacionada com uma conspiração governamental ou então se tudo se passa numa realidade alternativa é qualquer coisa de verdadeiramente surreal e inesperado na série pelo efeito cómico e pela forma como os actores se entregam à história.

O vilão da história é um cientista (louco?) que se dedica à manipulação da memória de pessoas. As suas primeiras experiências bem-sucedidas deram-se quando conseguiu convencer os astronautas que foram ao espaço que, na realidade, eram chimpanzés! O que leva à questão: afinal quantos anos tem aquele cientista (louco?) e quando se passa este episódio? Será verdadeiramente na administração Trump? Esta segunda é fácil: sim, é. Só seria possível nesta América. Já repararam que o mote The truth is out there no actual universo de fake news é verdadeiro, mas cada vez mais difícil de ser encontrada? E, como diz o cientista (louco?) estamos num mundo onde a mentira e a alteração da memória não é necessária pois actualmente ninguém quer saber da verdade ou nela não acreditam.

No limite estamos no campo da manipulação da História, algo que sempre aconteceu e que nos últimos anos tem sido preocupante na forma como tal tem sido feito. E isto é sublinhado com a verdadeira história da formação dos “X-Files”, criado por Reggie, que foi o primeiro companheiro de Mulder e mais tarde também de Scully, participando nos casos mais emblemáticos da série. Lembram-se? Eu também não, pois todos fomos vítimas do “Efeito Mandela”.

Um dos melhores episódios da série.

Um pensamento em “The X-Files: 11×04 – The Lost Art of Forehead Sweat (FOX)”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.