The 100: 5×07 – Acceptable Losses (The CW)

O texto que se segue CONTÉM SPOILERS

“The 100” começa a aquecer. Octavia está mais credível enquanto anti-heroína – ou será mesmo ela a nova vilã? – e, na bancada oposta, Dyoza menos ameaçadora enquanto vilã – ou será ela a nova anti-heroína? Seja como for, um episódio repleto de pormenores deliciosos – a chama que ainda existe e está nas mãos de Gaya, vermes a serem criados em laboratório para serem usados como arma, entre outras pequenas indecisões narrativas resolvidas dentro do episódio e sem necessidade de se prolongarem para os próximos.

Continuar a ler “The 100: 5×07 – Acceptable Losses (The CW)”

The 100: 5×06 – Exit Wounds (The CW)

O texto que se segue CONTÉM SPOILERS

Mais um episódio morno, ainda assim com alguns pontos de relevo: Madi junta-se a Octavia com a melhor das intenções, mas eis uma ligação que tem tudo para dar errado; e, já que falamos em Octavia, a heroína querida de outros tempos está cada vez mais vilã aos olhos de Bellamy, Clarke e companhia. E é essa ambivalência entre personagens outrora intocáveis nas suas intenções que tem dado algum élan a esta temporada, até no caso de Diyoza, uma líder “inimiga” que não estamos a conseguir odiar – por enquanto, pelo menos. Echo como espia infiltrada, Emori e Murphy numa alhada explosiva e Niylah e Gaia em papéis trocados no que concerne ao sangue “negro” de Madi.

Continuar a ler “The 100: 5×06 – Exit Wounds (The CW)”

The 100: 5×05 – Shifting Sands (The CW)

O texto que se segue CONTÉM SPOILERS

Que dor no coração. Não de algum momento inesquecível na história, mas sim culpa da total falta de cuidado com a linha narrativa desta temporada: de repente, parece que deixaram um ou dois episódios na gaveta e saltaram momentos-chave que tanto poderiam dar à série.

Continuar a ler “The 100: 5×05 – Shifting Sands (The CW)”

The 100: 5×04 – Pandora’s Box (The CW)

O texto que se segue CONTÉM SPOILERS.

E, ao quarto episódio, a caixa de pandora abriu-se e, tal como na mitologia grega, todos os males do humanidade espalharam-se. E que bom que “The 100” tenha explodido dessa forma, voltando ao ritmo do passado, metendo todos os grupos num autêntico “tudo ao molho e fé em alguém que ainda não se percebeu bem quem será” e acabando, de uma vez por todas, com contextualizações do hiato de seis anos que marcou a mudança de temporada. E, afinal de contas, não demoraram meia temporada para o fazer, tal como tinha de forma angustiada previsto numa das análises anteriores.

Continuar a ler “The 100: 5×04 – Pandora’s Box (The CW)”

The 100: 5×03 – Sleeping Giants (The CW)

O texto que se segue CONTÉM SPOILERS.

Antes do episódio em si, uma bela notícia para quem tem Netflix em casa: a quinta temporada de “The 100” já está a sair com apenas um dia de atraso em relação à estreia nos EUA na plataforma de streaming em Portugal. Não há mais desculpas para não acompanhar uma das séries mais badaladas do momento. No papel, pelo menos; porque, na prática, ainda não foi com “Sleeping Giants” que a narrativa voltou ao pináculo de outros tempos.

Continuar a ler “The 100: 5×03 – Sleeping Giants (The CW)”

The 100: 5×02 – Red Queen (The CW)

O texto que se segue CONTÉM SPOILERS.

E, depois da bonança enfadonha, veio a tempestade quase perfeita – ainda que num copo de água, ou seja, no bunker. Também este um episódio de contextualização, desta vez dedicado aos sobreviventes terrestres, “Red Queen” tem tudo o que “Eden” não teve: ritmo, realização e pós-produção de altíssimo nível – e logo de um estreante na série, P.J. Pesce, que até aparece em cameo a tocar viola -, o adeus a uma personagem-chave que acompanhava a história desde a temporada de estreia e criatividade no episódio temporal relatado que, com pés e cabeça, explica a razão da criação daquele sistema de justiça no bunker e a ascensão de Octavia a líder irrepreensível e temida por todos os clãs.

Continuar a ler “The 100: 5×02 – Red Queen (The CW)”

The 100: 5×01 – Eden (The CW)

O texto que se segue CONTÉM SPOILERS.

Onze meses de espera e, no regresso, “The 100” espalhou-se. Depois de quatro temporadas com a capacidade para se reinventar internamente – inteligência artificial, sub-mundo em Mount Weather, uma luta pelo poder entre clãs e, claro, a chegada e adaptação em modo sobrevivência ao planeta na temporada inicial -, a série de Jason Rothenberg parece ter ficado encurralada numa esfera onde não haverá outra hipótese que não reciclar tudo o que já foi feito, mas desta feita com novas localizações, heróis e vilões.

Continuar a ler “The 100: 5×01 – Eden (The CW)”