Notícias da Manhã: Nicole Kidman em “The Undoing”; Power renovada

São notícias fresquinhas, umas mais que outras, que facilmente se encontram por essa Internet fora, em sites da especialidade, jornais e revistas online, blogues dedicados ou simples sítios de paragem obrigatória. Uma recolha para ler a seguir ao salto. Jump!

Continuar a ler “Notícias da Manhã: Nicole Kidman em “The Undoing”; Power renovada”

Guardar castidade nas palavras e nas obras

A pretexto dos dez mandamentos, um agnóstico assumido pega nas regras essenciais da religião que moldaram o mundo ao longo de séculos e aplica-os à ficção televisiva.

Continuar a ler “Guardar castidade nas palavras e nas obras”

Notícias da Manhã: “The Good Doctor” renovada; Mudanças à vista em “Grey’s Anatomy”

São notícias fresquinhas, umas mais que outras, que facilmente se encontram por essa Internet fora, em sites da especialidade, jornais e revistas online, blogues dedicados ou simples sítios de paragem obrigatória. Uma recolha para ler a seguir ao salto. Jump!

Continuar a ler “Notícias da Manhã: “The Good Doctor” renovada; Mudanças à vista em “Grey’s Anatomy””

O Bom, o Mau e o Vilão: Lá fora é que é bom ou ui, estamos a ser enxovalhados no estrangeiro

Breves apontamentos e reflexões sobre a actualidade televisiva.

Continuar a ler “O Bom, o Mau e o Vilão: Lá fora é que é bom ou ui, estamos a ser enxovalhados no estrangeiro”

Estreias em Linha: “Good Girls”, “Living Biblically”, “McMafia”, “Save Me” e “The Looming Tower”

O “Estreias em Linha” é uma rubrica que permite acesso imediato, sem conversa nem spoilers, a opiniões incisivas sobre as novas séries que estreiam esta temporada. Todas as semanas, classificaremos cinco.  Esta semana, destacamos “Good Girls” (NBC), “Living Biblically” (CBS), “McMafia” (BBC), “Save Me” (Sky Atlantic) e “The Looming Tower” (Hulu).

Continuar a ler “Estreias em Linha: “Good Girls”, “Living Biblically”, “McMafia”, “Save Me” e “The Looming Tower””

Crónicas (T3): A (minha) despedida de “The Walking Dead”

O inevitável aconteceu (embora um milagre narrativo pudesse sempre acontecer) e mais uma personagem “querida” da série morreu. Foi a minha despedida da série também. E para que fique claro desde o início, esta minha despedida foi sendo adiada muitas vezes e em nada se relaciona com a morte de alguém.
Continuar a ler “Crónicas (T3): A (minha) despedida de “The Walking Dead””