Notícias da Manhã: “Black Mirror” renovada; Trailer de “Legion”, “Perdidos no Espaço”, “Roseanne” e “House of Cards”

São notícias fresquinhas, umas mais que outras, que facilmente se encontram por essa Internet fora, em sites da especialidade, jornais e revistas online, blogues dedicados ou simples sítios de paragem obrigatória. Uma recolha para ler a seguir ao salto. Jump!

Continuar a ler “Notícias da Manhã: “Black Mirror” renovada; Trailer de “Legion”, “Perdidos no Espaço”, “Roseanne” e “House of Cards””

Crónicas (T3): Manual de instruções num calvário televisivo

A quantidade de séries de qualidade que estreia semanalmente, impede qualquer ser humano normal de acompanhar tudo aquilo que se vai fazendo. No meu caso procuro acompanhar duas ou três de “fundo” e algumas sitcoms avulso para relaxar.

Continuar a ler “Crónicas (T3): Manual de instruções num calvário televisivo”

Black Mirror: 4×04 – Hang the DJ (Netflix)

O texto que se segue CONTÉM SPOILERS.

À semelhança do aclamado “San Junipero”, esse consensual episódio que inovou no tom da série, volta a fazer-se uso do amor como tema maior no quarto tomo da temporada. Desbrava-se a tecnologia como castradora desse elo genuíno tão utópico na distopia de “Black Mirror”.

Continuar a ler “Black Mirror: 4×04 – Hang the DJ (Netflix)”

Black Mirror: 4×03 – Crocodile (Netflix)

O texto que se segue CONTÉM SPOILERS.

“Crocodile” quer atrair-nos com as suas paisagens gélidas e quase monocromáticas, como se o contexto fosse desprovido de energia e sentimento. A palidez visual é o aviso que precisamos para saber o que se segue. Com um golpe previsível, a sua história rapidamente nos arrasta para as profundezas duma escuridão tão envolvente como depressiva, numa viagem com apenas um destino possível. Estamos na era do “dark and edgy” e “Black Mirror” notabilizou-se nesse capítulo. Há que fazer jus ao estatuto adquirido. Pena que o episódio se sinta como um regurgitar… de ideias, de conceitos, de tudo.

Continuar a ler “Black Mirror: 4×03 – Crocodile (Netflix)”

Black Mirror: 4×02 – Arkangel (Netflix)

O texto que se segue CONTÉM SPOILERS.

Depois de episódios como “The National Anthem” (oink oink), “The Entire History of You” e “White Christmas”, o voyeurismo regressa em força a “Black Mirror”. O vício do olhar que incorre na crítica ao próprio espectador. Aqui não como via de prazer, mas sim numa promessa de segurança.

Continuar a ler “Black Mirror: 4×02 – Arkangel (Netflix)”

Black Mirror: 4×01 – USS Callister (Netflix)

O texto que se segue CONTÉM SPOILERS.

Assim que surgiram as primeiras informações sobre o episódio inicial da quarta temporada de “Black Mirror” que “USS Callister” se destacava, pois não só a sua (aparente) homenagem a um dos maiores fenómenos da cultura pop existentes (o franchise “Star Trek”) se demarcava daquilo a que a série usualmente propõe, como acentuava um sentimento, originado na temporada anterior, de que a série de culto do Channel 4 teria cedido completamente ao “lado negro da Força”, ou seja, ao populismo imposto pela sua chegada ao Netflix.

Continuar a ler “Black Mirror: 4×01 – USS Callister (Netflix)”