Black Mirror: 4×03 – Crocodile (Netflix)

O texto que se segue CONTÉM SPOILERS.

“Crocodile” quer atrair-nos com as suas paisagens gélidas e quase monocromáticas, como se o contexto fosse desprovido de energia e sentimento. A palidez visual é o aviso que precisamos para saber o que se segue. Com um golpe previsível, a sua história rapidamente nos arrasta para as profundezas duma escuridão tão envolvente como depressiva, numa viagem com apenas um destino possível. Estamos na era do “dark and edgy” e “Black Mirror” notabilizou-se nesse capítulo. Há que fazer jus ao estatuto adquirido. Pena que o episódio se sinta como um regurgitar… de ideias, de conceitos, de tudo.

Continuar a ler “Black Mirror: 4×03 – Crocodile (Netflix)”